saber pedir ajuda
Saber pedir ajuda, saber agradecer
29 de dezembro de 2016
trabalho
Viver dá trabalho, mas vale a pena
2 de Janeiro de 2017
incentivador

Podemos ser incentivadores ou sabotadores de nós mesmos. Ah, e como há sabotadores. De si e dos outros. Pessoas que já começam um projeto achando que não dará certo, pessoas que lhe dizem que aquilo que você está escolhendo será muito difícil e que talvez fosse melhor nem começar. Esqueça os outros. Seja você seu maior incentivador.

Sempre ouvi dizer sobre um tal de livre arbítrio e eu acho um dos temas mais fascinantes. Por meio dele, podermos escolher como queremos ser, termos a liberdade de fazer da nossa existência e aquilo que acreditamos ser melhor para nós. Podermos saborear da vida e realizar nossos sonhos, percorrer nossos caminhos.

Mas se as escolhas estão em nós mesmos, então devemos ser nossos maiores incentivadores, correto? Devemos acreditar que nossos propósitos são genuínos e construir nossa história nos motivando diariamente, com nossas próprias vontades e nossos desejos.

Se realmente acredito em meu livre arbítrio e em minha própria escolha, por que dependo tanto da aprovação do mundo ou do outro? E aqui vale a reflexão: de que forma posso me libertar dessa necessidade de aceitação, dessa “prisão” que se torna a opinião alheia? Quando deito minha cabeça no travesseiro, à noite, antes de dormir, a principal questão deve ser: eu estou satisfeito com quem sou e o que fiz?

E mais: o que eu, e somente eu, posso fazer para melhorar a minha realidade e de quem está à minha volta? É tarefa árdua e exercício constante essa libertação. Mas a recompensa é a leveza e a liberdade de ser quem se é. Confie em si mesmo. Construa seu legado e não sabote a sua felicidade, acredite nos seus sonhos e seja o seu maior incentivador.

4 Comentários

  1. Camila Chiari disse:

    Parabéns pelos textos Tarsia. São de grande valia na conquista do sucesso profissional.

  2. Geraldo Afonso Porto Pedrosa disse:

    Nota 1000 este texto. Parabéns!!!

  3. Camila Fernanda disse:

    “Se realmente acredito em meu livre arbítrio e em minha própria escolha, por que dependo tanto da aprovação do mundo ou do outro?”
    Frase Marcante!!! Parábens Tarsia Gonzalez…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *