chão de fábrica
A Sabedoria de quem vive o chão de fábrica
19 de Janeiro de 2017
contratar
Como contratar com maestria
23 de Janeiro de 2017

A experiência de aproximar-se de todos os elos da cadeia

experiência

Ao aceitar fazer parte do quadro Chefe Secreto, do Fantástico, eu sabia que viveria grandes experiências. Ainda assim, aproximar-me das pessoas que fazem a empresa no dia a dia foi uma experiência totalmente enriquecedora, mais do que o esperado.

Capítulo 1 – Ser auxiliar da motorista Neuza Xisto

Vivendo a experiência do “Chefe Secreto”, tive a oportunidade de compartilhar o dia a dia de todos os elos da engrenagem do nosso negócio. No papel de Vitória, me apresentei aos funcionários como uma estagiária de segurança do trabalho que buscava uma oportunidade de emprego. Fui muito bem recebida e pude conhecer pessoas que hoje, no papel de presidente, já não tenho mais a oportunidade de conviver.

Trabalhei como ajudante da única mulher motorista de nossa companhia, Neuza Xisto, viajamos juntas de Atibaia para Hortolândia, onde acompanharia o carregamento de vagões. Participei de todo processo, desde a liberação dos documentos, carregamento e conferência da amarração da carga, e estive envolvida com aproximadamente 20 pessoas responsáveis pelo processo.

Trabalhar naquele dia foi apenas um detalhe, o mais importante foi a oportunidade de escutar a história de uma mulher, mãe, que hoje com 55 anos lutou para criar seus filhos, passou por dificuldades, mas sempre teve seus sonhos e que se sente extremamente feliz e valorizada por ter seu desejo de trabalhar como motorista carreteira realizado. Conheci uma mulher verdadeiramente grata e com um coração feliz. Um exemplo para muitos. Foram horas de escuta, aprendizagem e muito crescimento.

Toda experiência de aproximação com os elos da cadeia que formam nosso negócio é altamente enriquecedora. Mas essa, em especial, trouxe uma certeza da importância dos motoristas carreteiros. A própria história da Transpes começou com o sonho de um imigrante que se tornou motorista carreteiro. Sem esses profissionais, a engrenagem não gira, assim como sem um piloto um avião não pode levantar voo. Eles são os grandes responsáveis por 100% do sucesso da nossa companhia.

6 Comentários

  1. Ricardo Vasconcelos Lelis disse:

    Como Administrador os livros na graduação me ensinaram muitos conceitos, teorias, histórias… mas os livros não nos ensina algo muito importante dentro de uma organização “Trabalhar o Lado Humano”.
    Devemos esquecer uma pirâmide hierárquica, pois todos tem total valor e importância dentro da organização. Qualquer engrenagem que eu tirar de um relógio vai interferir no seu funcionamento, seja a engrenagem simples ou a mais complexa.

  2. Verdade, muito dificil vermos empresarios valorizando seus funcionarios e uma empresa nao funciona sozinha e uma equipe.
    Infelizmente existe muito preconceito e cada vez mais esta dificil encontrar uma oportunidade no mercado de trabalho.

  3. O melhor “Chefe Secreto ” que ja vir, pois a Tarsia mostrou realmente o verdadeiro lado dos brasileiros, trabalhador, humilde e sincero. Parabéns

  4. Paulo Gil disse:

    Tarsia, bom dia.

    Só quem gosta do cheiro do óleo Diesel e de viajar, entende o que a D. Neuza falou na reportagem.

    Ou melhor, a D. Neuza tem é óleo Diesel nas veias, e eu também, apesar de ainda não ter realizado meu sonho.

    Att,

    Paulo Gil

  5. Edmilson Santos disse:

    Conheci a Neuza através de um vídeo na internet ela com seu companheiros na via Dutra aqui em São Paulo, ela conduzindo o Bruto pela Rodovia, e desde então hoje somos grandes amigos, ela me deu vários ensinamentos, pois ainda quero ser um carreteiro embora ainda falta mais um ano pra tirar a CNH.
    Mas descobri que além da grande motorista que ela é,também é uma guerreira batalhadora e gosta de sua família e ajudar ao próximo assim como a Tarcia.
    Parabéns pela empresa espero um diase eu merecer fazer parte do guadro de funcionários dessa grande empresa.

  6. Edmilson Santos disse:

    Conheci a Neuza através de um vídeo na internet ela com seu companheiros na via Dutra aqui em São Paulo, ela conduzindo o Bruto pela Rodovia, e desde então hoje somos grandes amigos, ela me deu vários ensinamentos, pois ainda quero ser um carreteiro embora ainda falta mais um ano pra tirar a CNH.
    Mas descobri que além da grande motorista que ela é,também é uma guerreira batalhadora e gosta de sua família e ajudar ao próximo assim como a Tarsia.
    Parabéns pela empresa espero um diase eu merecer fazer parte do guadro de funcionários dessa grande empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *