A riqueza da gestão motivacional
22 de março de 2017
Como ser líder em tempos de crise
27 de março de 2017

Como falar com diferentes pessoas e tocar seu coração

Engajar é tarefa urgente e difícil, em tempos de internet e superexposição, quando dividimos cada vez mais a audiência com outras fontes de informação. O importante é gerar empatia e conquistar a atenção, com verdade e coerência. A palavra pode, sim, mudar o mundo!

Através dos tempos, inúmeras personalidades da história humana engajaram pela fala e transformaram sua época. Aristóteles, filósofo grego, preconizou a arte da retórica para atingir a emoção do outro, tese comprovada por Alexandre, “O grande”, que usou os artifícios do discurso para construir um dos mais grandiosos impérios da história.

A palavra pode, sim, mudar o mundo!

Um líder que saiba usar sua palavra traz benefícios e motivação para uma equipe, mesmo em situações de crise. Quando você se expõe, gera confiança, e a transparência é a base de todo relacionamento saudável.

A exemplo de São Tomás de Aquino, que formulou um sistema filosófico que conciliava a fé cristã com o pensamento de Aristóteles, invertendo as prioridades do pensamento medieval e dando ênfase ao mundo real e ao aprendizado pelo raciocínio, precisamos extrair de nossos times o raciocínio sobre cada situação, levar a pensar, analisar, ponderar antes de tomar decisões e agir.

Uma de suas frases que pode ser considerada eterna é: “o mestre provoca conhecimento ao fazer operar a razão natural do discípulo”. Ou seja, um líder não pode subestimar seu time, acreditar que tem a verdade absoluta, apenas fazendo agir. É preciso fazer pensar! Expor os problemas e desafios e fazer com que todos possam contribuir. Esse é o verdadeiro engajamento. Nas empresas, um líder capacita seus liderados quando faz com que eles busquem também respostas para os desafios do dia-a-dia.

E nunca seja omisso! Martin Luther King disse: “no final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos”. Seu time precisa de seu aval, seu direcionamento, sua palavra! Converse, chame para si, exponha, enfatiza, seja transparente, não se faça de mudo em situações difíceis. Compartilhar medos e incertezas nos faz mais humanos e permite que nos aproximemos de nossos companheiros de jornada.

Só os covardes se calam. Se realmente nos posicionamos como lideres, temos que estar prontos a falar e motivar aqueles que esperam nossa palavra. Não nos faltam exemplos: John Kennedy, Abraham Lincoln, Nelson Mandela, Steve Jobs, Barack Obama, líderes que souberam angariar legiões de companheiros. Não foram unanimidade, mas foram verdadeiros. Nunca vai existir um líder verdadeiro que seja silencioso.

Eu sei o quanto é aterrorizante para muitos se levantar numa reunião e poder falar sobre diversos assuntos, mas nunca vai existir maneira mais fácil de passar conhecimento adiante. Não existe outro caminho para tocar o coração do outro do que abrindo nossas próprias verdades.

5 Comentários

  1. Nathalie Neves disse:

    Muito importante. Pois pecamos muitas das vezes nelas AS PALAVRAS.

  2. José lima de Souza disse:

    Como eu posso passa um currículo pra transpes pro RH não consigo perlo Setii não

  3. Ricardo Vasconcelos Lelis disse:

    A partir do momento que você domina um assunto, tem um conhecimento sobre algo, torna-se mais fácil falar sobre o mesmo. Medo de falar em público etc, passam a ser pequenos obstáculos.

    Att.

    Ricardo

  4. Gostei do conteúdo, parabéns um forte abraço, e bom fim de semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *