Como construir um plano de Voo profissional
22 de Maio de 2017
Começou o #projeto30diasTarsiaGonzalez
23 de Maio de 2017

Como entender o coeficiente humano da sua empresa

Hoje quero falar sobre sensibilidade. Muitos gestores acreditam que entender de processos e obter conhecimento e informação são suficientes para levar uma companhia ao sucesso. Mas eu digo: se você não souber se aproximar das pessoas que formam sua empresa, está fadado ao fracasso.

 

Uma empresa é feita de processos e pessoas. E se você, como gestor, não estiver disposto a compreender o coeficiente humano que forma sua companhia, certamente não terá êxito em sua função. Por isso, quero falar hoje de sensibilidade. Desenvolver um sentido de observar as pessoas, olhar para elas de verdade e compreender o que elas precisam é fundamental para conseguir mesclar produtividade com a saúde de sua companhia.

Até um tempo atrás, apenas processos eram suficientes. As pessoas buscavam produzir desenfreadamente, e as companhias começaram, com isso, a adoecer. Males como alto turn over, afastamento por estresse, falta de ânimo para novas ideias e de disposição para enfrentar momentos de crise, sejam eles gerais ou localizados, tornaram-se comuns. Há algum tempo, palestrei na Febraban, exatamente sobre como buscar sua felicidade, como encontrar o contentamento no trabalho, já que, nesse setor bancário, um dos principais problemas é o estresse, causado por metas cada vez mais acirradas e prazos cada vez mais apertados.

Ou seja, esquecemos das pessoas. De suas necessidades, de sua saúde física e mental. E nesse momento de transformação, ou modificamos nossa forma de lidar com a gestão ou seguiremos em crise, porque mesmo que a economia melhore, mesmo que voltemos a respirar aliviados, em algum momento, ainda teremos que lidar com nossos processos engessados.

Uma empresa precisa ser orgânica, ser movimentada e modificada conforme os andamentos do mercado, mas também conforme as necessidades das pessoas que a compõe. Preste atenção nos seus times. Crie a sensibilidade necessária para observar atentamente, reserve um tempo do seu dia para conversar com as pessoas. Torne-se um gestor humanizado, pronto a perceber necessidades e criar soluções.

Foto: Cibele Barreto

2 Comentários

  1. Elis Colares disse:

    Ótima matéria.. gostei muito.. colocando em prática as preciosas dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *